D´Antona Advogados
Fundador

FERNANDO PEIXOTO D'ANTONA - ingressou no Ministério da Fazenda – Secretaria da Receita Federal, em 1964 e exerceu por 30 anos, serviço público, exercendo os seguintes cargos: Assessor do Secretário da Receita Federal, Superintendente Regional, Delegado, Inspetor e Auditor Fiscal do Tesouro Nacional, aposentando-se voluntariamente aos 54 anos (1994); ocupou cargo diretivo em empresa multinacional nos anos de 1971 e 1972; graduado em Direito desde 1975 foi sócio da Hasson Sayeg, Finkelstein, D’Antona e Nelson Pinto Advogados e como fundador da D’ANTONA ADVOGADOS exerceu a advocacia Tributária e Empresarial, consultiva e contenciosa, em todas as instâncias e Tribunais, judiciais e administrativos, em todo território nacional; foi requisitado e prestou serviço (1980/1985) à SEPLAN – Secretaria de Planejamento da Presidência da República, no Gabinete do Ministro Chefe, Secretaria Geral e Comissão Especial de Desestatização e Superintendência da Zona Franca de Manaus; foi representante da Receita Federal no Conselho das ZPEs – Zonas de Processamento de Exportação bem como na Comissão Interministerial – Missão Técnica (Washington, D.C. - 1991), referente a Importação e Exportação de Bens e Serviços na Área de Tecnologia Sensível; pós graduou-se, sempre por indicação do Governo Brasileiro, em Fiscalização e Arrecadação de Tributos Aduaneiros na Alemanha (Berlim, 1971) e no Curso Interamericano de Política e Administração Aduaneira da Organização dos Estados Americanos em convênio com a Fundação Getúlio Vargas (RJ, 1978); tem o Curso de Política e Estratégia da Escola Superior de Guerra, na qual ingressou por Decreto do Sr. Presidente da República (1979); Conselheiro do Conselho de Comércio Externo e Logística e do Conselho Superior de Direito da Federação do Comércio do Estado de São Paulo, de 1999 até seu falecimento em 2017, foi também neste período Diretor do Centro de Comércio do Estado de São Paulo e Consultor do SEBRAE; trabalhou na concepção e implantação do SISCOMEX, na SUFRAMA, no FMI no tocante a matéria aduaneira; participou de várias delegações aduaneiras no Cone Sul, mormente Paraguai e Argentina, tendo colaborado efetivamente para concepção e operacionalidade do MERCOSUL; relaciona-se com o OMA- Organização Mundial das Alfândegas, ex- Conselho de Cooperação Aduaneira em Bruxelas, e congêneres aduaneiras na União Européia e Japão, tendo lá estado como convidado do Governo japonês, bem como em outros países da América do Norte, Central e Latina; Presta consultoria aduaneira a diversas empresas multinacionais e nacionais, forte na área de regimes aduaneiros especiais e viabilização/implementação de recintos alfandegados e sua operacionalidade visando a otimização dos fluxos de importação e exportação de mercadorias e serviços.